Vazamento de petróleo – Golfo do México

Um novo desastre ecológico causado pelo homem está em destaque essa semana. Achei necessário falar um pouco mais sobre isso aqui no blog:

No dia 20 de abril (sexta-feira), ocorreu uma explosão seguida pelo afundamento da plataforma Deepwater Horizon localizada no Golfo do México. A plataforma de petróleo era operada pela empresa britânica: British Petroleum (BP).

Os trabalhadores desapareceram e foram dados como mortos – como se não bastasse o acidente com os trabalhadores; durante esta semana a explosão desencadeou em um enorme vazamento de petróleo.

Segundo especialistas, o vazamento implica na liberação do equivalente a 5 mil barris de petróleo nas águas da costa dos EUA. Algumas medidas foram tomadas para evitar que a mancha de petróleo atingisse áreas como o pântano localizado em Louisiana, habitat de várias espécies da fauna e flora locais; A contenção da mancha foi feita com barreiras comumente utilizadas em acidentes como este. Outra medida também foi tomada: equipes de emergência estão isolando em bóias a mancha de petróleo e provocando incêndio nesta, para que o petróleo seja eliminado.

No entanto, essas medidas não vêm obtendo sucesso por alguns fatores: os ventos na área estão extremamente fortes, o que implica na aproximação da mancha ao continente conseqüentemente aproxima-se de áreas e praias que são refúgios de vida selvagem; a queima do petróleo implica em eliminação de resíduos, o que causa poluição nas águas da costa americana.

Ontem, 29 de abril, foi anunciado que a mancha de petróleo atingiu a costa da Louisiana e mais 3 estados estão em alerta: Mississipi, Alabama e Flórida. Diante desta situação, Barack Obama (presidente dos EUA) anunciou que a extração de petróleo em novas áreas no Golfo do México está suspensa até que se possa avaliar as dimensões deste desastre e se, o mesmo poderia ser evitado ou não.

Acidentes como este, ocorreram em vários lugares do mundo inclusive no Brasil. Entre todos, o mais conhecido foi o acidente em Exxon Valdez, petroleiro que derramou 35 mil toneladas de petróleo no Alasca em 1989. As toxinas presente no petróleo matam os vegetais e animais fixando sedimentos. Assim, elas passam a ser indissolúveis nas áreas em que as mesmas se concentram; as conseqüências causadas por este tipo de acidente implicam em problemas de longo prazo, afetando o ecossistema do local.

About these ads

18 Respostas para “Vazamento de petróleo – Golfo do México

  1. Pingback: Vazamento de petróleo – Golfo do México « Mais Uma Aba – mexico·

  2. Pingback: Vazamento de petróleo – Golfo do México « Mais Uma Aba – petroleo·

  3. eu so queria saber as medidas que foram tomadas para controlar o vazamento ou acabar com ele (vazamento) favor enviar email com a resposta !!!
    e pelo texto esclareceu minhas duvidas e é muito interesantante
    Parabenss

  4. eu so queria saber as medidas que foram tomadas para controlar o vazamento ou acabar com ele (vazamento) favor enviar email com a resposta !!!
    e pelo texto esclareceu minhas duvidas e é muito interesantante
    Parabenss
    Responder

    • Imagino que estude mesmo. A preocupação com o meio ambiente tem sido um foco de estudo ultimamente e isso se tornou o maior acidente ecológico dos E.U.A, é motivo para ser falar e discutido sempre!

  5. Muito bom, eu estudo no 6 ano e sua materia me ajudou muito num trabalho.Parabens. Tambem tenho um blog e eu sei como e prazeroso receber um elogio de uma pessoa que vc nem conhece.Bjus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s